quarta-feira, outubro 17, 2007

"Eu sou aquele que vai te matar..."


Eu sempre tive medo de escrever algo que se relacionasse à música aqui no Acre, porque, afinal de contas, eu não entendo muito sobre isso. Não só aqui no Acre, no país inteiro, no mundo. Meu prazer, até o presente instante, é ouvir. Como acadêmico de Jornalismo terei que analisar, ser crítico, entender sobre o que estou falando, querendo ou não. O fato é que ontem algo me tocou.

Há algum tempo atrás, o integrante de uma banda me falou da importância que a mesma tinha pra ele. Falava com paixão, com encanto, dava pra ver o sentimento de amor enorme que ele dedicava a ela. Fui ontem, então, assistir a gravação de uma de suas músicas.

Cheguei já tarde, mais ainda faltavam gravar as duas guitarras e o vocal. Em um determinado momento, João Eduardo (guitarrista do Los Porongas), quem estava auxiliando a banda na gravação, fez um elogio ao som. Percebi aquele de quem falei anteriormente sorrindo discretamente, como quem deveria parecer modesto diante de um elogio. Não vi a reação dos outros, pois não estava prestando atenção, mas imagino que todos se sentiram orgulhosos com o que ouviram.

Eu conheço a Marlton desde sua formação anterior, quando se intitulava Afasia. Poderia, inclusive, colocar as músicas daquela época ao lado das de hoje e compará-las. Não que eu fosse entender das notas, das batidas, do timbre da voz, mas com certeza seria possível notar a grande diferença. Indo não tão longe, busco apenas o início dessa formação, a evolução que ocorreu. Não só um amadurecimento do som, mas também dos integrantes.

A música ficou linda, pelo menos até onde eu vi (acabei perdendo a parte do vocal pelo horário, mas escutei toda a parte instrumental inteira). De um jeito que mostra perfeitamente a Marlton como ela é hoje.

Ontem fiquei realizado. Realizado por eles estarem em um momento tão bom. Sinto-me parte disso, como todos os que rodeiam e sabem como é difícil conseguir destaque aqui. Deixo meus parabéns (aposto em nome de muitas outras pessoas também) pela evolução, pela dedicação e pela gravação de ontem. E aguardo ansiosamente, assim com muitos outros, pelo show de sábado. Surpreendam mais uma vez.

Jeronymo Artur, é estudante de direito e jornalismo, sofrendo de TPV, ansioso para ir pela primeira vez ao Varadouro.

6 comentários:

  1. obrigado meu querido! ;)
    mas tu é suspeito pra falar de algo né.. ehauiehauiehiuea
    ou não... oO

    bom ver todo mundo escrevendo aqui no grito, movimentando e tal, espero que continue assim...

    abraço!

    ResponderExcluir
  2. Artur, o post ficou ótimo e transpassa muito bem o sentimento de todos nós pela Marlton, de todos nós pelos nossos amigos.
    Muito bem vê-los onde estão, tão homenzinho responsáveis e talentosos... kkkkkkkkkkkk... é isso!

    A única coisa que não gostei é da Marlton abrir um dia de festival, achei sacanagem com eles, mas blz! Vai ser duca!

    Abraços a todos!
    o/

    ResponderExcluir
  3. AAAaaaahhh!!
    eu vejo ki o Artur tá assumindo a carreira jornalista.. e ele fala com emoção =P

    tamu vendo mtas bandas crescendo..
    o varadouro tá sendo grande incentivador o/

    ;*

    __ Miriane

    ResponderExcluir
  4. olha, eu qeria até fazer um comentário produtivo..

    mas nao tenho condições pra isso..

    o q me é permitido é fazer somente um comentário nda mais q 'meloso':

    /me orgulhosa d++++!!!
    - pela Marlton (pela participação no varadouro, pelas músicas, pela gravação - qeu nao escutei ainda, mas só a atitude de entrar num estudio e passar por essa emoçao - q a blush passou recentemente - já é uma coisa enormemente emocionante!);
    - pelo Arthur, q tá ingressando no jornalismo do jeito ma-ra-vi-lho-so, q é usando as ferramentas q tem em maos (o talento pra escrever) pra falar sobre música e sobre as bandas!
    - pela galera 'gritoacreano' q tem movimentado isso aqui mais do q nunca!!

    bjooeoeoeoess!!

    ResponderExcluir
  5. E eu pensando que a Giselle era mosdesta!
    Arthur sai dai bixo, medo de que!??????????
    Já falei, a gravação ficou foda!

    =*

    ResponderExcluir
  6. Meu Deus!!
    fico triste em ver esses comentários sobre a Marlton.
    Essa banda parece que nunca vai evoluir, continua o mesmo lixo desde a Afasia...
    A cena acreana tem bandas excelentes,isso todos sabem, a blush, filomedusa,até mapinguary blues dão um show diante a marlton.
    sinceramente acho dificil vcs chegarem a algum lugar, com esse lixo.

    Flw

    ResponderExcluir