quarta-feira, outubro 01, 2008

Festival Varadouro 2008

suspiciousMinhas primeiras reações...
O que falar dessa semana da música acreana? Tres festivais em menos de 15 dias, Varadouro, Chico Pop e o Anatote marcam presença no cenário adicione uma balada de vários pacotes, bem servidos, de grandes emoções musicais que contribuiram para a minha TPV (Tensão pré-varadouro).E o que falar das bandas, as resenhas, críticas... Enfim, como diria Jack "Vamos por partes":

Arena da Floresta
Caramba o local estava maravilhoso, tudo bem planejado, com algumas melhorias em relação ao ano anterior. Mas também por outro lado houve um certo exagero constumeiro do coletivo catraia. O campeonato de skate, streetball e motocross que foi mal divulgado, e pra ser sincero, até agora nem foto vi.

shrug
As poucas bandas que assisti
E realmente foram, mas valeram a pena todas. Algumas me impressionaram mais do que as outras e outras superaram minhas expectativas. Começar com o Bareto, nossa dancei como se fosse carnaval, pulei com os amigos, dei risada e gargalhei, e foi bom pacas porque essa era intenção do som que a banda fazia. Filomedusa, achei uma apresentação sem precedentes, só tenho uma coisa a dizer: "Saulinho, tu é nosso Kayapi!". Los Porongas, uma apresentação com pegada de festival e não de balada tem lá suas diferenças, não para a banda, mas para o público com certeza que curtiu do inicio ao fim. Novidades? sim, dessa vez tem e são duas novas músicas que eles tocaram, gostei do que eu ouvi, pois pelo que pude perceber nas novas letras era o sentimento d'uma poronga que matém acessa em terras estrangeiras. E isso foi emocionante.

Cordel do Fogo Encantadoão tenho nada o que dizer sobre eles. Bem, na verdade até tenho, mas ainda não conheço as palavras corretas que conseguiriam expressar o que eu senti e presenciei naquele show. Quem foi? Foi. Eu fui. Quem não foi? Perdeu. rá!worship

Hora de dar tchau.
Pois o Coletivo Catraia está de parabéns! E que nos próximos Varadouros não cometam o erro de uma escalação tão precária de shows bons e dar devida atenção a todos subprodutos de enternimentos que é promovido junto com o festival. E dá proxima vez me chamem para participar da oficina! rá.thumbsup



*
-Mode blogueiro hype de bochechas gostosas off -
rá!
lol

15 comentários:

  1. - Vaga para o Neto em oficinas msm, tu teria feito a diferença! o/
    - Tu mencionou "Coletivo Catraia" 2x!
    - Dos subprodutos, acho que o motocross foi o q teve alguma visibilidade, mesmo pq rolava na hora do evento.. (e eu nem parei pra ver)
    - Tb achei a estrutura melhor e maior.. mas pow, tinha um stand d carro lá na beirada.. isolado.. tocando dance inclusive e enfim.. mas ótimo, outros colaborando.
    - Tenho que comentar tb sobre bandas que trouxeram um estilo um pouco além do rock.. engraçado ver akeles ki pulavam lá na frente, fazendo passinhos de mambo, kkkk..
    - Neto, gostei do novo template! Até senti falta do 'bah' e grito acreano podia ter cor neh, rs..

    ResponderExcluir
  2. Não fui em todos os shows do Varadouro, mas não tenho receio em dizer que o Varadouro 2008 foi o melhor de todos! As bandas estavam ótimas (é claro q sempre tem q ter alguma que a gnt ache dispensável) mas no geral foi ótimo, os organizadores foram muito felizes em investir naquela variedade de estilo. Quero dnovooo \o/

    ResponderExcluir
  3. Meu primeiro Festival Varadouro...confesso que excedeu um pouco as minhas expectativas, até porque elas eram bem baixinhas. A estrutura me impressionou, me lembrou muito o Porão do Rock (DF). Claro que é uma coisa de festivais ligados à Abrafin, acaba meio que com um modelo, mas achei ótimo. O som, perfeito em algumas bandas, muito ruim em outras, mas é tudo questão de ajuste, não acho que houve boicote a nenhuma banda.

    Do setlist de sexta eu gostei de Pata de Elefante e La Pupuña, além do show dos Porongas, que achei curtinho. E como comentei em post anterior, achei a música nova (quem tem nome, o Helder até comentou mas eu já esqueci) bem comercial. Isso é bom ou ruim? Não sei, precisaria ouvir mais vezes e com mais calma. A Atajo (BOL) não me empolgou muito, tanto que nem fiquei até o final.

    Sábado foi beem mais interessante. Filomedusa estava impecável, Bareto (Peru) fez um show divertido e Diego de Moraes fez, na minha opinião, o melhor show do Festival. Claro que a essa altura o Cordel ainda não tinha subido, mas foi a observação que eu fiz ao guitarrista da banda: seu show foi o melhor do festival. Ele elogiou a estrutura, o som e as bandas, disse que tava adorando, enfim.

    Aí veio Cordel, não tenho muito o que dizer, o show foi perfeito. Já é o quarto dos caras que acompanho que a profissionalização deles é maior a cada dia.

    No fim, parabéns aos realizadores pelo Festival, gostei mesmo. Acho uma pena ter perdido os dois últimos, mas enfim.

    E quanto aos pocket shows que rolaram durante a semana, Astronauta Pinguim foi ótimo e Macaco Bong destruidor, hein!

    ResponderExcluir
  4. VAGA PARA O NETO? TEM UMA NO COLETIVO CATRAIA PRA ELE NÃO?


    PS.: FOI MAL NETO, MAS... PERCO AMIGO E NÃO PERCO A PIADA!

    ResponderExcluir
  5. O festival foi foda mesmo, muito bem organizado, espaços bem ocupados,e a semana varadouro, com shows e oficinas, fez a cidade se agitar.

    Mas que banda chata aquela Ecos Falsos, ein? Puta merda.

    ResponderExcluir
  6. tá certo, romano....

    mas poxa. Porque não fui selecionado?
    Porque?




    :D

    ResponderExcluir
  7. Ah, esqueci duas coisas: o show da Nicles também foi muito bom, embora o vocal estivesse altíssimo.

    E um feliz aniversário pro Chico Mouse, não consegui comentar no blog dele, então vai por aqui...ouvi dizer que vai rolar um uísque com uma graninha que saiu de um aluguel aí...umas absoluts...convida, hein!

    ResponderExcluir
  8. Estamos aí Chiquim Mouse!

    ResponderExcluir
  9. Hahahah!! Valeu, Dani! Sei de nada de graninha não... mas a absolut tem que rolar... ;)

    Ei, tu já tomou uísque com aquele "green tea" que vende no supermercado? Caaaaara... bão, ó... Quer dizer, eu gostei pelo menos. Deve ser pq eu sou viciado em tereré. Inclusive, tinha deixado o nobre colega Fialho viciado também. Antes de ele se tornar essa criatura amebenta que não pode comer ou tomar nada... mané... :D

    ResponderExcluir
  10. ¬¬

    Posso tomar tereré sim.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Tereré

    Chico, tira uma foto sua tomando tereré que eu vou incluir na Wikipédia!

    ResponderExcluir
  11. to cheio de considerações, mas me resumo a concorda com a Daniela, o melhor show pra mim foi do Diego de Moraes e o Sindicato, muito bom mesmo, um diferencial que realmente chamou minha atenção do começo ao fim, mesmo o Cordel sendo impecável.

    demais, Bareto foi uma surpresa bastante positiva.

    ResponderExcluir
  12. Thiago, descolei uma erva (?)importada do Paraguai que é o que há de mais "the best", ó?

    Fica com inveja, fica. ;)

    ResponderExcluir
  13. Não sou muito a favor de misturar uísque não, ó...poxa, a coisa fica doze anos curtindo no carvalho pra adquirir aquele sabor tão específico! Vai no cowboizão mesmo!
    [momento alcoólatra mode /off].

    E esse papo de erva, aí? Estranho...

    ResponderExcluir
  14. estranho é saber que é importada do paraquai...

    menino, toma cuidado.

    ResponderExcluir
  15. Erva, Paraguai, coletivo, aluguel, absolut, é esse blog ta meio esquisito !


    Gil - Camundogs

    ResponderExcluir