quinta-feira, setembro 04, 2008

A Ratoeira

Um rato olhando pelo buraco na parede vê o fazendeiro e sua esposa abrindo um pacote. Pensou logo em que tipo de comida poderia ter ali.Ficou aterrorizado quando descobriu que era uma ratoeira. Foi para o pátio da fazenda advertindo a todos:

"Tem uma ratoeira na casa, uma ratoeira na casa."

A galinha, que estava cacarejando e ciscando, levantou a cabeça e disse:"Desculpe-me Sr. Rato, eu entendo que é um grande problema para o senhor, mas não me prejudica em nada, não me incomoda."

O rato foi até o porco e disse a ele:

"Tem uma ratoeira na casa, uma ratoeira."

"Desculpe-me Sr. Rato, mas não há nada que eu possa fazer, a não ser rezar. Fique tranqüilo que o senhor será lembrado nas minhas preces."

O rato dirigiu-se então à vaca. Ela disse:

"O que Sr. Rato? Uma ratoeira? Por acaso estou em perigo? Acho que não!"

Então o rato voltou para a casa, cabisbaixo e abatido, para encarar a ratoeira do fazendeiro.

Naquela noite ouviu-se um barulho, como o de uma ratoeira pegando sua vítima. A mulher do fazendeiro correu para ver o que havia pego. No escuro, ela não viu que a ratoeira pegou a cauda de uma cobra venenosa.

A cobra picou a mulher.

O fazendeiro a levou imediatamente ao hospital. Ela voltou com febre. Todo mundo sabe que para alimentar alguém com febre, nada melhor que uma canja.

O fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal.

Como a doença da mulher continuava, os amigos e vizinhos vieram visitá-la.

Para alimentá-los o fazendeiro matou o porco. A mulher não melhorou e muitas Pessoas vieram visitá-la.

Muita gente veio vê-la o fazendeiro então sacrificou a vaca para alimentar todo aquele povo.

Na próxima vez que você ouvir dizer que alguém está diante de um problema e acreditar que o problema não lhe diz respeito lembre-se que, quando há uma ratoeira na casa, toda a fazenda corre risco.
======================


Uma pausa para reflexão.

11 comentários:

  1. Anônimo12:16 PM

    interessante netu soh nao entendi quem vc eh ae. se o rato a galinha ou o porco ou a cobra.

    ResponderExcluir
  2. se todos parassem pra pensar nisso pelo menos 1 vez na vida..
    seria tudo mais simples e fácil por aki. =]

    ResponderExcluir
  3. eu sou eu.
    diferente de você que é um anônimo.

    ResponderExcluir
  4. Tipo... eu sou um rato. Então... imagina como eu estou me sentido...

    ResponderExcluir
  5. Feliz! Foi o único sobrevivente, afinal..

    ResponderExcluir
  6. -Mode reflexão on-


    Kkkkkkkkk!!!!

    ResponderExcluir
  7. Os anônimos desse blog sempre me divertem.

    ResponderExcluir
  8. porque o contexto...!

    - reflexão mode "on" (2)

    ResponderExcluir
  9. Anônimo10:46 PM

    A galinha, preta do pescoço cortado, escorrendo palavrinhas de liçõeszinha e discutindo não fazer nada, chocando ovinhos transportados de um lado que é o mesmo lado, porém que 'brigam' ou tentam conseguir polêmica, achando que... Um número grande ao lado da caixa é de se fazer brilhar os olhos.
    Não li o texto mesmo, o conheço por popularidade.

    ResponderExcluir
  10. Daniele11:41 PM

    moral da estoria: no fim, nada de galinhas, porcos, vacas, fazendeiros e suas esposas, só sobram os ratos.

    ResponderExcluir